top of page
  • Foto do escritorMariana Mateus

COMO REALIZAR MUDANÇAS.. E MANTÊ-LAS

A mudança está presente nas nossas vidas o tempo todo. Tudo muda.. as estações do ano, o clima, nossos pensamentos, a moda, o nosso humor. Algumas coisas mudam sem que a gente queira, outras mudam sem que façamos nada, outras fazemos um grande esforço e não conseguimos mudar e isso acontece porque mudar não é nada fácil! É preciso deixar de lado velhos hábitos e situações que eram confortáveis, coisas que gostamos ou até mesmo pessoas que são especiais nas nossas vidas. Mudar não é fácil mas muitas vezes precisamos de mudanças! Então vamos lá para algumas dicas que podem te ajudar a mudar alguns comportamentos e manter a mudança até que ela se torne um habito!



A primeira dica é: Saiba exatamente o que você quer mudar, ou seja, estabeleça metas! É importante ter clareza qual é mudança que você quer realizar. Você quer mudar a forma como fala com as pessoas? Quer parar de fumar? Quer praticar uma atividade física? Conseguir descrever o que você quer mudar vai te ajudar a ter mais clareza durante o processo de mudança e vai facilitar a realização de comportamentos menores que te levarão ao resultado final. É importante que a sua meta será possível de ser realizada, então antes de definir o que quer mudar, avalie se isso é possível nesse momento da sua vida. A segunda dica é: O que você precisar para realizar essa mudança? Avalie quais comportamentos você pode ter para aumentar a sua chance de conseguir realizar a mudança. Se sua mudança vai ser começar uma atividade física será que você precisa se matricular em uma academia? Comprar um tênis? Organizar seus horários? Talvez você precise fazer tudo isso, ou talvez já tenha feito e o que precisa é uma mudança de hábitos no dia a dia. É aí que a mudança começa. Outra coisa importante é: O que te atrapalha a realizar essa mudança? E o que você pode fazer para aumentar a chance da mudança acontecer? Existem muitos fatores que podem atrapalhar o seu processo de mudança e explorar isso é fundamental para que a mudança de fato ocorra. Já parou para pensar na sua história de vida e o que ela tem de relação com esse comportamento que deseja mudar? Muito provavelmente esse comportamento foi valorizado e foi importante para você durante sua vida e por isso se manteve até hoje. Ter consciência da sua história pode te ajudar a estabelecer com mais clareza seus objetivos e como alcança-los. Conhecer os seus hábitos e o ambiente que vive também vão proporcional uma possibilidade de mudança com maior chance de sucesso. A última dica, porém não a menos importante: Pratique a mudança. Mudar significa que estamos aprendendo uma nova forma de agir. Imagine uma criança quando está aprendendo a andar, ela precisa treinar bastante, tentar várias vezes até que aquilo vai se tornando menos difícil e mais automático. Se você já fez aula para aprender a dirigir sabe do que eu estou falando. No começo você tinha que pensar em todos os movimentos que tinha que fazer e regras para seguir, mas hoje dirigi sem pensar, porque aprendeu um novo comportamento! Assim é a mudança, precisamos praticar, muitas vezes nos policiar para fazer diferente, não é tão natural, mas com o tempo e a persistência essa mudança pode ocorrer e se manter de forma natural para você. Sei que isso pode parecer um pouco abstrato, então vou dar um exemplo. Vamos supor que a mudança que eu quero realizar é uma reeducação alimentar. Vamos para o primeiro passo: O que exatamente eu quero mudar: Quero me alimentar de 3 em 3 horas por dia; Quero reduzir o consumo de carboidratos e açucares; Aumentar a ingestão de água, legumes, verduras e frutas. O que eu preciso para realizar essa mudança: preciso colocar o meu celular para despertar a cada 3 horas porque senão vou esquecer de comer; vou andar sempre com uma garrafa de água e com alguma fruta que eu goste já lavada pronta para comer para não passar fome ou ter vontade de comer outras coisas; Preciso ir a feira para comprar os produtos que vou consumir na minha semana. O que me atrapalha a realizar essa mudança e o que eu posso fazer para aumentar minha chance de sucesso: na minha casa eu moro com mais três pessoas que não vão fazer essa reeducação alimentar – posso pedir para que eles respeitem a minha decisão, não fiquem me oferecendo comidas que não gostaria de comer e manter sempre a minha disposição algo saudável para não cair em tentação; Não gosto e não sei cozinhar – posso comer fora ou comprar marmitas que venham com o tipo de comida que eu gostaria de comer; Não tenho tempo de ficar preparando tudo e separando tudo o que devo comer no meu dia a dia – posso separar um tempinho na minha semana para deixar algumas coisas já prontas para consumo para não comprometer outros compromissos. Esse exemplo que eu dei é bastante comum e tentei pegar coisas que escuto e observo em várias pessoas. Espero que tenha sido claro e ajudado a concretizar o que eu expliquei. Nada disso que eu compartilhei com vocês é uma regra, pelo contrário, são dicas que podem facilitar o seu processo de mudança mas existem muito mais coisas que você pode fazer para te ajudar nesse momento. Se você tem alguma outra dica ou alguma dúvida pode deixar nos comentários!


@psi.marianamateus

Psicóloga Mariana Mateus

CRP: 08/23290


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page